sexta-feira, 22 de julho de 2016

MY GOURMET POPCORNS

Eu adoro pipocas!
Confesso que mais as salgadas do que as doces, o Tomás também.
Mas a magricela adora tudo o que seja doce e as pipocas não são uma exceção.

Estas, que são a versão salgada, usei azeite e alho para fritar e foram temperadas com  flor-de-sal, rosmaninho, orégão e queijo parmesão.



A versão doce tem este aspeto branco porque usei frutose para caramelizar e em seguida 
acrescentei algumas nozes.



Fica a sugestão para o fim-de-semana.

Eu por aqui com um dia cheio e a preparar as malas para ir de fim-de-semana, desta vez a sul. 
Umas mini-férias de barco com todos os cuidados e mais alguns
que essa aventura exige.


Vou dando notícias, basta seguirem o Instagram em @miandreaschaefer. ;)
BOM FIM-DE-SEMANA, queridos bluebirds.




quinta-feira, 21 de julho de 2016

MINIS @HOME

Com as crianças em férias aquele ar de "casa arrumada e organizada pelo menos até ao fim do dia" foi-se.
Tenho a sala invadida. Adivinhem com o que? 

Nestas alturas e não só, o Play&Go é um dos meus melhores amigos contra 
"de repente a sala ficou um caos".
Vai tudo lá para dentro. 
Fica tudo com um ar tão organizado que até parece que não tenho crianças em casa e de férias.
Eu adorei esta edição limitada dos flamingos que encontrei na Lolla Kids mas
existem muitos outros padrões.

Costumo levá-lo nos dias de praia e, para além de servir de toalha,
 os brinquedos que também estão espalhados por um largo perímetro,
 ficam arrumados em dois segundos sem vestígios de areia.





quarta-feira, 20 de julho de 2016

KEEP CALM AND PLAY

Esta altura é sempre desafiante, há que dar asas à criatividade 
para fazer programas que os dois gostem.
O que vale é que os dois acabam por alinhar nas brincadeiras um do outro.

Ontem fomos ao Skate Park, garanto-vos que eu e a Pilar não éramos as únicas "meninas".
Às tantas já falava com os skaters dos "truques" e dos "tipos de tábuas".
O que uma mãe faz...mas foi muito giro!

O objetivo foi o Tomás conseguir aguentar-se em pé no skate, 
mas assim que viu os outros skaters já queria fazer as manobras mais complicadas.
Foram momentos de muita diversão misturados com outros de pura frustração.



Uma das vezes que conseguiu aguentar-se em cima.





Respirar fundo e...
 ...toca a tentar outra vez.



Time to go e agora é persistir, persistir e persistir.



KIT DO TOMÁS
Calções e boné - GAP
T-shirt cava street - Freestyle
Blusão jeans - Brotes
Skate 
Tudo dos mega saldos do El Corte Inglés


Ténis - Inkkas (do ano passados)





terça-feira, 19 de julho de 2016

THINGS I LOVE NO.3

Em decoração, adoro ver peças novas com antigas.
Sempre tive um crash por cozinhas com mercearias e quando vi 
esta, nem hesitei.

Encontrei-a num mega armazém, o Cantinho Vintage. 
Fica no Beato - aquela que promete ser em breve uma
das zonas mais cool de Lisboa.

Para quem está a pensar em decorar casa, vale muito a pena, 
ou mesmo para quem está a procura só de um objetos especial e diferente.
Até para as crianças! Eu, por exemplo, vi um triciclo vintage e uma cadeirinha de comer super giros.








Ainda faltam alguns uns pormenores na cozinha e na "nova velha" mercearia, 
mas já está a ficar tudo mais composto.


Algum outro lugar giro com peças giras de decoração que aconselhem?




segunda-feira, 18 de julho de 2016

ARIZONA @THEBEACH

O Tomás está "preto".
Lembro-me perfeitamente que quando nasceu teve que fazer fototerapia durante uma noite.
No dia a seguir, tinha um bebé no colo totalmente bronzeado.
Desde então, bastam dois dias de sol e parece que andou no deserto escaldante.

Este verão, descobriu o gosto de apanhar ondas e só sai da água quando está "roxo".
Estou a pensar seriamente em inscrevê-lo numa escola de surf.



 O fato-de-banho não podia ser mais cool e giro. 
Uma edição especial da Castelo nas Nuvens concebida pela Violeta Cor de Rosa agora
com uma versão para os meninos.



A Castelo nas Nuvens é uma marca que tem uma coleção maioritáriamente para meninas,
mas cada vez mais tem lançado peças de-cair-pa-ra-o-la-do a pensar nos rapazes.

Eles também merecem! ;)





domingo, 17 de julho de 2016

MAGICAL WEEKEND

Foi um fim-de-semana que soube a uma semana - dizem que o que é bom dura pouco, 
eu acredito que o que bom vale por mil.
A temperatura não podia ter estado melhor.

Os dois cada vez mais cúmplices, crescidos e autónomos passaram horas a brincar, na areia ou na água.
Pausas grandes para almoços à beira-mar, jantares ao ar livre com a companhia da lua e das estrelas.

Este verão promete! 
Próximo fim-de-semana há mais.







sexta-feira, 15 de julho de 2016

FRESH, HEALTHY SUMMER WATER

Cheguei a casa completamemente a "arfar".

A minha primeira ideia foi fazer uma limonada, mas desisti  logo quando vi que 
não tinha o ingrediente principal.

Juntei uma folhas de hortelã, gelo, água, triturei tudo
e, foi a melhor bebida que podia ter bebido. 
É claro, o gelo triturado derretou em menos de 2 segundos.

Já tinha bebido água com hortelã, mas desta forma fica bestial.
Não resisti em partilhar convosco, para refrescar os próximos dias
que prometem continuar a ser bem quentes.

Para os mais gulosos, experimemtem juntar um pouco de mel. ;)




BOM FIM-DE-SEMANA!
Com muitos mergulhos, I hope so!




MYTH OR NOT

Tanto a Pilar como o Tomás foram bebés que nasceram carecas.
Em ambos, o cabelo só começou a tomar alguma forma aos 2 anos e, por isso,
aconselharam a cortar o cabelo para crescer mais forte.
No caso do Tomás, deixei crescer e o resultado está à vista, um cabelo forte e saudável.

A Pilar ainda hoje com 3 anos continua com pouco cabelo, mas parece-me importante
também respeitar o ritmo de crescimento e desenvolvimento que tem.

Eu acredito que a genética é que vai determinar se o fio do cabelo vair ser grosso ou fino e
que a alimentação é um fator importante para que cresçam saudáveis.

O que vos parece, cortar as pontas para crescer mais forte é mito ou não?
Quais foram as vossas experiências?







quinta-feira, 14 de julho de 2016

THAT BEAUTIFUL BLUE SUMMER

Ontem dei uma escapadela com eles até à praia. Até ao fim de Julho a escola ainda
está aberta, mas com estes dias tão bons não resisto em aproveitar
a altura que mais gosto do sol, durante o final da tarde.
E que final de tarde esteve ontem, com aquele vento bem quente.

Ultimamente o Tomás não tem tido grande paciência para as objetivas - eu compreendo
e respeito a fase.

Não me lembro de umas jardineiras que tenham feito tanto sucesso como estas.
Este azul não podia ser mais verão!
Com este calor, adoro vê-las assim, sem nada por baixo.








Jardineiras - T'Chap


Preparem-se porque hoje o "blue summer" vai aquecer.
Os termómetros hoje vão estar nos 35 graus e este fim-de-semana promete ser escaldandante.






terça-feira, 12 de julho de 2016

WE ARE ADDICT TO

Não tenho a pretenciosidade de ser uma chefe de cozinha, 
apenas gosto de criar sabores sem seguir grandes receitas ou, pelo menos, 
com a liberdade para fazer alterações e as experiências que entender.

Geralmente, o que faço é inspirado numa mistura de viagens, 
dicas de queridos amigos, alguma pesquisa e uma dose de loucura. 
O resultado são momentos divertidos em família, 
com a grande vantagem que agora tenho dois fiéis mini-assistentes. :)

As preferências comuns cá de casa vão para a comida mediterrânea, especialmente a italiana, 
sendo um dos pratos favoritos do Tomás e da Pilar a clássica bolognesa

Parece-me que hoje em dia, os pratos com massa são os preferidos das crianças. 
Também é assim convosco?

Então, vamos a isso?
Para começar, costumo deixar ferver a água e só depois é que acrescento o sal e a massa. 
Deixo cozer rigorosamente o tempo descrito na embalagem, para ficar "al dente".

O segredo para mim é usar bons ingredientes e de preferência biológicos.
Digo isso, não por uma questão de fundamentalismo, 
mas fundamentalmente porque além de ser mais saudável é muito, 
mas muito mais saboroso.

Para a mistura da carne moída costumo pedir no talho que acrescentem osso buco. 
A carne fica com um sabor espetacular - dica de uma amiga italiana.

No refogado da carne, ponho azeite e alho, nunca misturo alho e cebola, 
são dois sabores muito fortes e a cebola é pouco usada na cozinha italiana. 
Acrecento mangericão ou oregãos - só se forem frescos - 
depois a carne e o molho de tomate.

Enquanto a carne está a apurar, 
escorro a massa, passo por água a ferver e ponho pingos de azeite.
Depois é só servir e acrescentar a mistura da carne.
 Um pouco de queijo parmesão e já está - eu sou fã do reggiano.

No meu prato costumo acrescentar sempre um pouco de fatias finas de malagueta fresca. 
Adoro picante!
E lembrem-se, tudo o mais possível BIOLÓGICO.

A última dica: 
Para manterem a massa quente até ir para a mesa, 
ponham água a ferver no recipiente onde vão servir o prato 
antes de porém os ingredientes.




Ma que buono!


Adoraria que saber as vossas sugestões.








JUST BLACK AND WHITE

 Lembram-se da túnica que mencionei há dias?

É de uma nova marca portuguesa, a Principesque, que aposta num estilo mais arrojado onde predominam o contraste do preto e do branco e, os cortes assimétricos.

Eu sei que o preto em crianças nem sempre é apreciado por todos, mas é cada vez mais uma cor que tem vindo a estar presente em várias coleções e em decoração para os mais pequenos.
Tenho que confessar que sempre gostei.

Outra questão muito particular desta nova marca é que cada peça vem com, pelo menos, um boneco aplicado que pode ser facilmente retirado. Claro que essa foi a parte que a Pilar mais gostou quando viu a túnica. Foram dois segundos e já andava a brincar com o boneco.
A parte que eu mais gostei, além das cores, foi o amor do corte retrô tipo fraque.





Sofá Má Puá.





O que é que mais gostaram?
Preparados para o BLACK AND WHITE, meus queridos Bluebirds?







segunda-feira, 11 de julho de 2016

HAPINESS @SUNDAY

Domingo ficámos por casa.
O nervoso miudinho que antecedeu ao jogo fez que eu não conseguisse parar quieta.
Em dias assim invento mil e uma coisas para fazer. Primeiro tentei montar a teepee do
quarto deles no pátio - mas o vento era mais que muito e não havia pedras que a conseguissem reter.
Depois começámos a fazer arranjos de flores, uma lareira faz de conta...
Entretanto, fomos recebendo telefonemas de amigos para verem o jogo cá em casa e
 de repente, quando vi já tinha uma mesa montada para festejar a vitória de Portugal ou para animar uma possível derrota - esta última nem sequer queria pensar.

Foi com muita intensidade que vimos o jogo, crianças e adultos todos a acreditarem.
Vencemos, gritamos de pulmões cheios de orgulho da nossa nação e chorámos de alegria.
Uma noite memorável repleta de um zig zag de emoções.



Atrás da mesa está a mini-horta cá de casa.




A mesa dos mais pequenos.


A preparar a lareira faz-de-conta.


A minha grande ajudante, sempre pronta.



O jumsuit da Pilar dos saldos da Letras Bordadas.