Arquivo mensal: Janeiro 2015

A CHEGADA DE UM NOVO BABY

Uma das questões à qual dei especial atenção quando soube da chegada da mini P foi como o Tomás reagiria. Da minha parte era filho único, da parte do P, o filho mais novo e super apaparicado quer pelos manos mais velhos, quer pelos avós. E a pergunta que surgiu foi “O que é que eu posso fazer para o mini T ficar feliz da vida com a chegada da nova mana?”. Apliquei um rol de técnicas que estive a investigar na altura e que resultaram na perfeição.

Durante a gravidez deixava-o criar histórias de como iria recebê-la, enviava-lhe mensagens “escritas pela mana” que ficavam escondidas pela casa (um género de caça ao tesouro), perguntava-lhe a opinião de onde dormiria a P e de outras mini questões relacionadas com esta nova chegada.

Quando nasceu a Pilarzinha, assim que chegámos a casa houve logo troca de presentes entre os minis. Depois foi o T que fez as honras e apresentou-lhe todos os cantinhos da casa. Sempre incentivei a partilha de tarefas, deixava-o ajudar-me quando me pedia, e também a demonstrar gestos de carinho à “Piai”.

É claro, que uma ciumeira de vez em quando aconteceu e continua a acontecer e até houve alguma regressão pontual do T em alguns aspetos, mas o que é certo é que é continuou a ser sempre uma criança equilibrada e feliz.

Algumas mini-tips que se lembrem para a chegada de um novo baby?

E por aí, também corre tudo bem?

Para seguir o blog do Mini-Mi no facebook é aqui

You may also like

BOLOS DE ENCANTAR PARA FESTEJAR

Cá em casa não somos muito dados a doces (excepto a Pilarzinha) por isso, quando se trata da escolha de um bolo tenho dois requisitos super, hiper exigentes: o design e o recheio.

Quando fiz a festa da primeira volta ao sol da Mini P, andei à procura de um bolo que saísse um pouco da onda da cobertura de maçapão e descobri a Taste Spot (imagens de cima) que além de fazer esse tipo de bolos, faz também em buttercream ou os nakedcake, todos com um design absolutamente fan-tás-ti-co. Na altura quando encomendei o buttercream enviei uma fotografia de inspiração e quando chegou estava uma tara, todo branco e decorado com flores e frutos silvestres. A massa era de limão com recheio de mascarpone e servi com gelado de manjericão da Artisani. Todos adoraram.

Para o aniversário da P, que vibra ainda com a Minnie, apaixonei-me pelo bolo em lilás da Cake Project by Fil (imagens de baixo). Decidi arriscar e escolhi a massa sponge cake com doce de leite (que os mini babies comem melhor sem risco de alergias) e fiquei surpreendida quando vi e quando experimentei. Grande qualidade!

Qual é que preferem?

Para seguir o blog do Mini-Mi no facebook é aqui

You may also like

A PRIMEIRA VIAGEM DE AVIÃO

A primeira vez que o T viajou de avião foi aos 5 meses e fomos para NY. Organizei-me bem para que tudo corresse da melhor forma para nós e para os outros passageiros e tripulação durante as 8 horas de viajem e, no final do voo, o mini até teve direito a elogios.
A primeira questão que tratei foi do check-in, ficamos num lugar especial onde puseram um berço para o T dormir mesmo em frente a mim. Foi possível transportar produtos de higiene, leite em pó, os boiões e outros alimentos que faziam parte da alimentação. Quando comprei o bilhete, informei a companhia que iria um bebé a bordo e ainda foi possível ter iogurtes (geralmente as companhias áreas têm alimentação especial se for requisitada antes)
Durante o voo o T chorou um pouco, especialmente quando o avião descolou por causa da pressão nos ouvidos, mas dei-lhe água e foi uma santa solução.
Antes da viagem tive que tirar o passaporte e lembro-me que o Tomás resolveu sorrir na foto e ficou um amor! Para quem vai fazer viagens dentro da UE só é preciso o Cartão do Cidadão.
No embarque, o carrinho do bebé à porta do avião, incluindo o ovo, e foi tudo em seguida para o porão.  Assim que as portas se abriram o carrinho já estava lá à nossa espera! 

O modelo bengala é o que uso agora, mas para quem viaja muito têm outro modelo que aconselho aqui
  
Entretanto, fizemos outras viagens de avião e a última de longo curso foi com o mini-T já maior ( 2 anos 1/2) e fomos só os dois para o Rio de Janeiro, mas como tem muita energia, pensei logo: so-co-rro vou andar a fazer a maratona dentro do avião! A solução foi equipar-me: filmes e mais filmes, jogos e mais jogos, lápis de cera e mais lápis de cera, escolhi um voo que fosse durante a noite (o que ajudou muito) e assim foi, chegamos à cidade maravilhosa, cheia de encantos mil, prontos para “fazer uma praia”. 

Já agora, por falar em viagens, lembrei-me de partilhar estas malas da Manana (na minha wish list estão as vintage de cores pastel para a mini P).

E estas da Babyboom para o T.
Se forem de viagem em breve, divirtam-se!

You may also like

O NOSSO FIM-DE-SEMANA NA PRAIA COM CAMPO

Desde que o mini Tomás nasceu que organizei sempre festas temáticas para festejar o seu aniversário, mas na verdade só começou a saber mesmo o que era e a dar mais valor a partir dos 3 anos. Por isso, decidi que com a Pilar iria fazer de forma diferente e sugeri comemorar os seus 2 anos de vida durante um fim-de-semana a 4 num lugar que fosse family friendly. E assim foi.

Como sou fã da Costa Vicentina, por todos os motivos e mais alguns – a descontração, as praias de se perder a cabeça, onde as crianças ainda podem ver peixinhos em lagoas naturais feitas nas rochas, a natureza selvagem… – a nossa escolha foi logo o Hotel do Martinhal e mais acertada, impossível!

Depois de quase 3 horas de viagem desde Lisboa até lá (o T e a P dormiram o tempo todo), chegamos já na hora do jantar com os mini’s com as baterias recarregadas. Optamos logo por jantar no Hotel (que tem um menu super healthy) e, assim que entramos no Restaurante, os dois correram para um espaço reservado com quilos de brinquedos super didácticos, com a supervisão de uma monitora. Ficaram radiantes e nós também, quando soubemos que todos os Restaurantes do Resort têm espaços onde podem brincar.

No dia seguinte, como a manhã estava mais fria, os mini’s foram para o Kids Club que é para crianças a partir dos 2 anos. Mas ATENÇÃO mães com babies menores, se tiverem entre os 6 e 23 meses existe também outra alternativa, que é o Raposinho.
O resto do dia foi uma paródia total, entre baloiços, camas elásticas e novos amiguinhos de outros países.

Ainda tivemos tempo para desfrutar todos da piscina coberta aquecida que está equipada com escorregas e mais mil e um apetrechos para os mais novos.

Foi top, aconselho e com certeza vamos repetir!

KEY LOOK
ME
Casaco – Zadig & Voltaire
Camisa – Zadig & Voltaire
Tank Top – H&M
Jeans – Zara
Ténis – New Balance
Óculos de Sol – Ray Ban
MINI T
Sweater do Batman com capa – Gap
Jeans – Zippie
Ténis – Converse All Star
Kispo – Gocco
MINI P
Sweater – PuzzleMe
Jeans – Bonpoint 
Ténis – Converse Chuck Tailor All Star
Touca – Pó de Talco
Kispo – antigo

Que outros sítios aconselham?

Para seguir o blog do Mini-Mi no facebook é aqui

You may also like

INSPIRAÇÕES DE DECORAÇÃO PARA OS MINI’s

Faz-me todo o sentido, enquanto o mini’s T e P ainda são pequenos, apesar de serem menino e menina, dormirem no mesmo quarto.

O grande desafio é escolher cores e objectos que dêem para os dois, evitando que fique ou muito feminino ou muito masculino.
Estou completamente rendida à cor menta e ainda estou a decidir onde aplicar. Adoro menta com coral ou com laranja ou com rosa e parece-me uma boa alternativa ao azul bebé.

Onde aplicariam? Qual a combinação de cores que gostam mais?
Bom fim-de-semana!

Para seguir o blog do Mini-Mi no facebook é aqui.

You may also like


Últimos comentários


Mini Mi Ana Lousada, também é bem gira essa combinação! Obrigada pela sugestão ;)
Ana Lousada Gosto muito de menta com beringela, acho uma combinação de cores perfeita. Mas é necessária alguma cautela na utilização da beringela para que o quarto não fique demasiado escuro, deve ser usada em pequenos apontamentos.

Comentar