A COLÓNIA DE FÉRIAS – OMG

Este ano foi o primeiro em que a Pilar participou durante 1 semana na Colónia de férias com os amiguinhos. Desde então tem acordado radiante e ansiosa.

Nas próximas duas semanas, vamos continuar com essa programação cá em casa porque é a vez do Tomás, que vendo o entusiasmo da irmã já não quer outra diversão.

Mas se o nome “Colónia de férias” é sinónimo de diversão para as crianças, para mim é mais sinónimo de  “toca a acordar de madrugada”. Sim, porque acordar às 6h30 durante 3 semanas seguidas é uma verdadeira estafadeira. Enfim, o que uma mãe faz pelos seus rebentos! Para não falar que quando acabo a “missão colónia” tenho a sensação que é meio-dia e ainda só são 8h30.

Este aparato todo começa sempre com a vinda de uma lista do Jardim de Infância, lista essa que costumo receber todos os anos, mas que leio atentamente como se fosse a primeira vez na vida – um fenómeno que ainda estou para explicar. Reparem bem no material necessário para o inicio desta aventura:

  • 1 Toalha;
  • 1 Fato-de-banho;
  • 1 saco plástico (para pôr o fato-de-banho);
  • 2 fraldas especiais para água (para a Pilar); 
  • 1 colchão para fazer a cesta no pinhal (para o Tomás);
  • 1 garrafa de água;
  • 1 protetor solar
  • lanche (tipo: bolachas, um sumo…) e ainda
  • uma mochila adequada ao tamanho da criança

Até aqui tudo bem, tem muita lógica, a minha única questão é mesmo o último item da lista.

“Uma mochila adequada ao tamanho da criança” que movimenta esforços sobrenaturais para que consiga por tudo lá dentro e ainda me faz ter um déjà vu de quando era solteira e ia de férias, levava quilos de tralha e pulava em cima da mala para que todos os meus kits conseguissem lá caber e, é neste preciso momento que começo a perguntar-me se serei uma mãe prática ou se sou prática demais e a mochila é que não é.

Pelo sim, pelo não, tratei de arranjar criteriosamente tudo o que me foi pedido e mais uma lancheira térmica e uma caixa para pôr o lanche…porque não sei se sou prática ou não, mas o que sei de certeza é que muitas vezes no meu papel de mãe também assumo o de santa e como santo de casa não faz milagres…

E agora chega de conversa e vamos ao que interessa, que é partilhar algumas dicas de materias para quem tem os minis prestes a irem numa aventura idêntica.

Já que estamos a falar de praia e natureza pensei que nada podia ser melhor que uma linha de “mochilas adequadas ao tamanho da criança” com umas bonecadas giras e com um conceito ainda mais giro. É o caso desta linha que encontrei na Manana em que as lancheiras térmicas são feitas em 90% de materiais recicláveis de garrafas de plástico.

Continuando na onda das “linhas”, a linha de toalhas da Zara Home Kids foi a minha favorita deste ano, em especial as que tem 
pormenores em Liberty. 
E para terminar só vos digo: o que eu pesquisei para encontrar um colchão que fosse giro, sem ser em nylon!  
Finalmente encontrei este na Smallable, que tem uma pinta descomunal para além de existir em muitas outras cores.

Boa sorte aí na vossa “missão colónia”!
Porque ficamos cansadas mas felizes por osmose. 😉

Uma bela forma de acompanhar tudo o que acontece

You may also like


Últimos comentários


Maria Godinho Boas dicas, obrigada ;)
Ises Esgueira Acabei agora de ler o texto e achei-o maravilhoso, cheio de bom humor, fazendo-me rir a bandeiras despregadas, só de imaginar as cenas... ahahhahaha
As peças são, como sempre, de um bom gosto que ressalta à vista de quem quer que seja, escolhidas por quem entende e se interessa pelo bem estar dos seus filhos! Parabéns!

Comentar


2 pensamentos em “A COLÓNIA DE FÉRIAS – OMG

  1. Acabei agora de ler o texto e achei-o maravilhoso, cheio de bom humor, fazendo-me rir a bandeiras despregadas, só de imaginar as cenas… ahahhahaha
    As peças são, como sempre, de um bom gosto que ressalta à vista de quem quer que seja, escolhidas por quem entende e se interessa pelo bem estar dos seus filhos! Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *