terça-feira, 30 de junho de 2015

O NOSSO PEQUENO JARDIM

Para mim a moda é muito mais que uma tendência de consumo da atualidade, são assuntos predominantes num determinado grupo em um determinado momento, por isso costumo fazer perguntas sobre variados temas do mundo ao Tomás para estimulá-lo a pensar sobre assuntos da atualidade.

Desta vez lancei-lhe o tema sobre os maus-tratos aos animais.
Quando perguntei-lhe o que achava das pessoas que batiam e faziam mal aos animais ele respondeu-me que só as pessoas más é que batem nos animais e que isso acontece porque os animais matam pessoas más que querem roubar ouro e diamantes (???). Vá-se lá saber de onde é que veio esta última parte!
Depois perguntei-lhe o que é que achava que deveríamos fazer às pessoas que batem nos animais ao que ele respondeu que devíamos pô-las perto de rinocerontes, touros, zebras e leões, porque são animais fortes e que sabem lutar.

Este miúdo faz-se!

Apesar de neste momento não termos nenhum animal de estimação, os pássaros e os insetos abundam no terraço e muitas vezes passo horas com eles a observar e a explicar o funcionamento dessa pequena bicharada.

Momentos lúdicos ao ar livre, momentos com a natureza, momentos em que trabalho para construir seres humanos melhores, seres humanos que respeitem o valor que a vida tem, esteja ela onde estiver.
É assim que faço questão de cuidar do "meu pequeno jardim".

Já fizeram essa pergunta aí por casa?










Estou cada vez mais prática nos kits que visto aos minis por causa destas alturas de grande calor.
Opto muito por tecidos de algodão e linho e mais uma vez, na Pilar, usei uma tanga de praia como tapa fraldas.


KEY LOOK

MINI T
Camisa e Calções - Mini by Luna
Paez
Chapéu - já bem conhecido por aqui

MINI P
Top e tanga - Mini by Luna
Sapatos - nem vê-los :)




Todas as fotografias publicadas neste post são da autoria do Pau Storch e da Magma Photo e protegidas pela lei de direitos de autor, não podendo ser utlizadas e/ou publicadas noutros blogs, Facebook ou websites. Qualquer utilização requer autorização prévia de Pau Storch e Andréa Schaefer.



Uma bela forma de acompanhar tudo o que acontece






2 comentários:

  1. Quando lhe perguntei...
    Não se diz, "Quando perguntei-lhe"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente, o texto foi corrigido antes de ser publicado mas pelos vistos não assumiu. Obrigada pela chamada de atenção e por seguir o Mini-Mi. Bj

      Eliminar