Arquivo mensal: Agosto 2015

FÉRIAS – OS ÚLTIMOS MOMENTOS

De volta a Lisboa.
Chegaram ao fim os dias seguidos de praia, da bela rotina do “sem horas para nada”, dos corpos salgados horas a fio, de tempo para os meus rituais de preparação das refeições, com cheiro a ervas aromáticas e gostos mediterrâneos ao som da minha playlist.
Ficam as saudades das noites no alpendre iluminado pelas velas, do blá-blá-blá das conversas na praia, dos pedidos diários por bolas de berlim e da paisagem arquitetónica da Prainha que remete-me para uma ilha grega mas com formas mais angulosas.
Os minis adoraram a companhia da mana M durante estas duas semanas. Foi um novo desafio para mim, estar com uma teenager de 15. Estou mais habituada a construir castelos na areia, a usufruir das gargalhadas ingénuas e a gerir birras diárias. O que é certo é que nesta idade eles já não tem muita pachorra para passarem muito tempo connosco ou quando estão, passam horas a ouvir música ou então resolvem fazer aquelas perguntas – revejo-me, com ternura, desses tempos em que pensava já ser adulta. 
Voltamos assim, felizes, contentes, descontraídos – eu cheia de entusiasmo para o que vem por aí. O meu morenaço, mais preto que nunca, cigano que só ele, já com saudades da escola e dos amigos, a perguntar-me quando é que vai começar. A minha magricela, para fazer contraste, loura mais loura não há.  
As imagens são crédito da mana M, todas tiradas com telemóvel.
Parabéns M, temos fotógrafa!

Vamos estando por aqui: Instagram. 😉

You may also like


Últimos comentários


Diana Moreira Os meus comentários são sempre as tuas fotos são maravilhosas mas é logo o que penso mal vejo as tuas fotos ! Um bom mês
Mini Mi Uau isso é que é elogio. Obrigada!

Comentar


DESTA VEZ A SUL #2

Os nossos dias têm sido entre a praia, piscina ou no parque daqui e sempre rodeados de flores e mini jardins, em qualquer que seja o caminho escolhido.
Estamos tão à vontade, que a maioria das vezes deixo tudo na praia e vimos numa corrida até casa para almoçar, sempre a pé, eles muitas vezes só com o fato-de-banho.
Quando o dia tem aquele sol tímido, que teima em dar o ar da sua graça, aproveitamos e fazemos caças ao tesouro, coroas de flores e brincadeiras no parque.
Aproveito ao máximo todos estes momentos com eles, ainda que estafada, porque é mesmo um pulinho até voltarmos a entrar no frenesim do resto do ano. Enfim, tudo vale a pena, pois tenho consciência que estas memórias são aquelas que vão contar histórias e criar memórias.

 Um dos muitos recantos.

You may also like


Últimos comentários


Ana Gomes Amei a túnica da Pilar e a coroa de flores.
Fotos lindas!
Bj

blogdamariafrancisca.blogspot.pt
Raquel Rosa Não há nada melhor que aproveitar os dias em família com sol e dias quentes para passarmos muito na rua :) bj

amaeursa.blogspot.com

Comentar


FAÇO EU!

O mano tenta ajudar, mas a Pilarzinha responde “Faço eu!”, eu tento ajudar, mas responde “Faço eu!”, outros tentam ajudar e a resposta é sempre a mesma: “Faço eu!”, “Faço eu!”. Ai de quem se atreva a fazer por ela. Se escrevesse um livro para crianças neste momento teria o título “Faço eu” de tanto que tenho ouvido essa frase nos últimos tempos. É bom vê-la tornar-se e querer independente.
Já não me lembrava desta fase. Talvez os meninos, por serem mais dependentes, passem de uma forma mais light.
O que vos parece?
Numa escapadela este domingo até a praia Maria Luisa, a brincarem mas com algumas zangas pelo meio com a frase do costume: “Faço eu!”, “Faço eu!”. 🙂


Vamos estando por aqui: Instagram. 😉





You may also like


Últimos comentários


Mini Mi Alexandra, obrigada! Beijo
Mini Mi Tão querido. Tenho ideia que o Tomás também passou por essa fase, mas nunca tão vincada como a Pilar. Bj

Comentar


É SIMPLESMENTE PERFEITA

Esta coluna portátil da Bose tem sido a minha grande companheira neste verão, vai para todo lado. É super leve, tem um design lindo e o som tem uma qualidade excelente.

Vamos estando por aqui: Instagram. 😉

You may also like

DESTA VEZ A SUL #1

Cá estamos, no Alvor, Prainha. É bom estar em Portugal e estar num sítio onde posso deixar tudo na praia e ir almoçar com os miúdos sem me preocupar. É tão bom poder estar num ambiente familiar onde todas as crianças tem hipótese de correrem na relva, fazerem castelos de areia ou darem uns belos pulos na piscina. É bom ver os miúdos a brincarem uns com os outros de ano para ano e rever pessoas que só encontro mesmo cá, como se tivesse sido só há dois dias. Gosto da sensação de estar num sítios onde estou acompanhada mas ao mesmo tempo consigo ter tempo para estar comigo mesma.
Tenho que confessar que foi um choque passar de uma água quente para uma água fria. Sim, a água tem estado um gelo, as noites estão frescas e já pedem agasalhos. Às vezes até tenho a impressão de estar em Setembro.
Mas ainda dá para fazer muitos jantares no alpendre, com tempo de sobra para preparar o que gosto, como gosto, sem pressas.
Vão ser dias a ver as crianças a adormecem no sofá, exaustas, ao som da conversa dos adultos. 
Praia, piscina, sol, casa, conversas, brincadeiras, assim tem sido os nosso dias.

You may also like