quarta-feira, 2 de novembro de 2016

YESTERDAY

A diferença entre ter filhos e filhas por vezes não é assim tão grande mas em certos momentos
torna-se enorme.

Até à Pilar ter nascido, o ritual de vestir o mano era o mais simples e básico possível.
Eu escolhia a roupa do Tomás e depois ele vestia e, ainda hoje é assim.
Com a Pilar tudo mudou. Primeiro tenho que tentar convencê-la da minha escolha e a maioria das vezes
insiste em ser a própria a escolher o que é que vai usar. Isso para não falar das vezes que fica indecisa.

Por outro lado é giro ver como fica feliz com as coisas mais simples.
Ontem quando chegámos a casa já estava escuro, 
saiu do automóvel, olhou para o céu dando uma volta sobre si própria e disse: 
"O céu está tão lindo!"


A escolha da Pilar:




O casaco que eu adoro, perfeito para este tempo ainda incerto - da Zara,
A saia também da Zara. As meias são da Caramello e os ténis, Converse All Star.






1 comentário:

  1. Comigo foi ao contrário, primeiro tive uma menina e depois um menino e notei imensa diferença. Ela é muito calma e mais sensível e ele é elétrico.

    ResponderEliminar